A Campanha

Campanha sugerida pelo Conselho Universitário para inibir o uso do tabaco nas dependências da UCPEL, com todos os seus prédios adjacentes. A campanha deu lugar a um Programa permanente com vistas à conscientização, apoio terapêutico e a proibição do uso do tabaco, em prol da valorização da vida e da qualidade da saúde da comunidade.

O presente programa justifica-se pela necessidade de criar consciência na comunidade universitária entre os tabagistas (professores, Funcionários e Alunos) sobre os riscos desta prática para a saúde coletiva, considerando que o tabaco é o principal fator de risco evitável para doenças e mortes prematuras. Promoção de ações para a diminuição do impacto sanitário, social, ambiental e econômico gerado pela produção, consumo e exposição à fumaça do tabaco

A suspensão do tabagismo é a medida de maior impacto no tratamento de doença pulmonar obstrutiva crônica, além de evitar a maioria dos casos de câncer de pulmão e reduzir a incidência de cardiopatia isquêmica.

O tabagismo é a maior causa de morte passível de ser evitada, estando associada à DPOC (Bronquite e Enfisema pulmonar) – 85%, Câncer de pulmão – 90%, Doenças cardiovasculares (Angina e infarto) – 25% e Doenças cerebrovasculares (derrame cerebral) – 25%. A prevalência de fumantes em Pelotas esta em torno de 24%. O apoio ao fumante na cessação do fumo e indispensável para aumentar sua expectativa de vida e melhorar suas condições de saúde.